A longa luta pelos Direitos Humanos

Vi bonitas fotos hoje, sobre uma manifestação realizada na avenida Paulista pelos direitos humanos (dentro do contexto do PNDH3). Casais se beijando em um ato político muito mais interessante que armas e palavras de ordem, em uma demonstração do que certos atrasos sociais andam proibindo ou oprimindo: o amor. E nada mais nítido para ilustrar a existência do retrógrado que ler — não sem doses consideráveis de asco — os ‘comentários’ à matéria; não são necessárias teses de doutorado a respeito. Seleciono alguns:

01. De ‘Para o Presidente Lula’:

SR.PRESIDENTE

PODERIA ME RESPONDER ALGO?

QUIAIS SÃO OS DIREITOS HUMANOS DAS CRIANÇAS QUE VEEM ESTAS CENAS IMORAIS EM PÚBLICO?

PORQUE O POVO BRASILEIRO QUE É HONESTO E TRABALHADOR NÃO TEM TAMBÉM DIREITO A DIREITOS HUMANOS?

PORQUE SÓ BANDIDOS?PORQUE SÓ OS GAYS E LÉSBICAS?

SERÁ QUE O POVO DE MENTE LIMPA NÃO TEM TAMBEM SEUS DIREITOS, PORQUE NOSSOS DIREITOS SÃO SÓ IRMOS VOTAR PARA VOCÊS?

PENSE UM POUCO SR.PRESIDENTE.

SERÁ QUE SERIA MUITO DE SUA PARTE,FAZER O MÍNIMO NECESSÁRIO POR ESTE POVO BATALHADOR?SÓ O MÍNIMO!

PORQUE NEM O MÍNIMO TEM SIDO FEITO.

POR FAVOR,NOS LIVRE DE CENAS COMO ESTA DA FOTO.

SE PARA O SENHOR E OS OUTROS POLÍTICOS ESTES DESVIADOS TEM DIREITO A FAZER O QUE QUEREM, ENTÃO PELO MENOS QUE FAÇAM BEM ESCONDIDO,EM SUAS CASAS OU MOTEIS.

SALVE O POVO BRASILEIRO.

SALVA NOSSAS CRIANÇAS E NOSSOS JOVENS DESTAS CENAS.

AGRADECEMOS.

Curtos comentários:

– aprenda a escrever com minúsculas, elas têm seu espaço também;

– as crianças serão melhores adultos se perceberem que o amor não tem gênero, cor ou forma, e que a dita moralidade é demasiado hipócrita para merecer respeito;

– defina melhor quem é o ‘povo honesto e trabalhador’, que está em aparente oposição a bandidos, gays e lésbicas. Caso queira fazer alguma acusação contra os manifestantes, esteja preparado para trazer bons elementos à mesa;

– não é da alçada do presidente da República vetar fotos, por ferir a liberdade de expressão. Você viu as fotos porque quis.

 02. De ‘Surra de cabo de enxada’

Poxa ninguem e´obrigado de ver uma palhaçada desta .tinham que apanhar muito

 Comentário: nada como alguém esclarecido para trazer a Razão. Onde já se viu, obrigar as pessoas a verem um casal se beijando? Enxada neles!

03. De ‘Geraldo’

Pelo que vi nas fotos só tinha vacas se beijando.

Será que elas já foram presas ou torturadas em algum curral apertado.

Comentário: eu não consigo imaginar que o Geraldo tenha família ou amigos, para ser bem sincera. Na verdade, não consigo imaginar que qualquer ser humano possa conviver com tal pessoa.

04. De ‘P/ Paulão’

Seu racioncio está fora de eixo.. se elas se encaixa sobra menos mulher.

Mas se olhar por outro lado sobra só as mulheres que gostam de forma coerente da coisa.

Comentário: ufa! Alguém pensou! Afinal, se elas encaixa, tem menos mulé. Duas por casal! O amigo do Paulão poderia explicar o que vem a ser o ‘lado coerente’ da coisa?!?

05. De ‘Edu’

HOMOSEXUAL BOM É HOMOSEXUAL MORTO

Comentário: é bom que exista o anonimato na Internet para ver o que as pessoas realmente pensam. Pena que elas escrevam tão, tão mal.

06. De ‘PURITANO’

E TEM OTÁRIO QUE DIZ QUE O INFERNO NÃO EXISTE, AÍ ESTAO OS SERVOS DE SATANÁS, É SODOMA E GOMORRA. MORTE AOS DELINQUENTES.

Comentário: he he he. Que bom que eles não têm mais exércitos. O mundo já esteve pior, acreditem.

Bom, já puderam sentir o drama, né. Lógico que tem os politicamente corretos falando em ‘tolerar, mas não em público’, e coisas do tipo — que são menos, mas colocações ainda equivocadas. Sabe, me impressionou de verdade imaginar que você pode estar trabalhando, convivendo, estudando com gente deste tipo. Mas é também o que dá forças para perceber qual é o lado correto (em outros âmbitos, como política econômica, por exemplo, a divisão não é tão clara), que a luta é longa e que, enfim, muito já se avançou, afinal estas são vozes quasi-anônimas (afinal há cretinos ainda), sem mãos que se levantem a mostrar as digitais sujas ou rostos sem vergonha a proferir insultos semelhantes. Que haja muitos, muitos beijos.

Anúncios

2 comentários em “A longa luta pelos Direitos Humanos

  1. Querida ..
    que ótimo blog você tem aqui …
    um espaço que fala seriamente e poeticamente e liricamente a respeito desse mundo maravilhoso das CDs … amei mesmo …

    e saiba que ‘detesto’ essa palavra ‘tolerar’ … tolerar não é aceitar o diferente … tolerar não é perceber o quanto o diferente nos acrescenta, tolerar é, achar, ainda, que ‘eu’ sou melhor, inclusive por ‘tolerar’ o diferente … ‘tolerar’ é uma auto-enganação …

    Amei seu espaço e estou colocando entre meus blogs preferidos, para não ´perdê-lo de vista ..
    beijos

    1. Olá Curiosa! Tudo bem?
      Ai, obrigada pelos elogios…! Não sei se é lá muito poético, ou lírico — meio sério, talvez –, mas gosto de escrever aqui. Não deixa de ser uma maneira de colocar algumas histórias e opiniões minhas que não posso (ao menos ainda) fazer como ‘menino’.

      Sobre a tolerância… embora eu sinta que algumas pessoas a considerem uma etapa da integração social, ela também pode ser perversa por dar margem a uma hipocrisia bastante comum: aquela que é racista, que faz chacota dos pobres, que zomba das diferentes expressões sexuais e de gênero. Sem contar a ideia bem apontada por você de que há uma ideia de superioridade por trás disso.

      Obrigado pelo comentário! 🙂
      Espero escrever um pouco mais por aqui…
      Beijo, Vivi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s