Pensamentos curtos

–  E agora tá tudo bem, já estão ‘abrindo as portas’ do mercado de trabalho para a gente. Mas nem parece rolar um pedido de desculpas por parte da sociedade dominante (esta representada na mídia), só um ‘olha como somos legais, taí uma oportunidade, uhu’. Quase parece, e isso pode ser só eu vendo maldade onde não tem, que é pra dar conforto moral e intelectual ao argumento esfarrapado do ‘olha lá, tem emprego pra essas travestis, agora é só por falta de esforço que elas tão se prostituindo’. É, já ouvi isso sim, como se essas poucas vagas fossem uma redenção só.

–  Temos quem nos diga se o que achamos que somos é realmente o somos. São profissionais, dizem, têm seus crms e blá. Quer dizer, nem todxs precisam ter quem lhes diga se o que acham que são é o que são: isso é coisa para xs anormais, transtornadxs e quetais. Para xs demais, basta a tv, não precisa de opinião médica.

–  De verdade? Você acha que eu me sinto bem pra falar de mim enquanto você assiste zorra total?

Anúncios

2 comentários em “Pensamentos curtos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s