Lombra libertária

Proclamar-se na ausência de todas condições necessárias para tal,
atos revolucionários como atos de amores impensáveis,
impossíveis.
E a proclamação, se vista como demasiado perigosa,
quando não neutralizada via patologia e invisibilização sociocultural,
pode levar a violências brutais.

Executam-nos por tantas ruas e por tantas pistas,
tantas delegacias, viaturas, clínicas e tantas famílias,
que se há de pensar no que fazer em resistências,
e haveremos de pensar em como executar estes pensamentos.

Em como viabilizar autoproclamações de autonomias:
nossas corpas, nossas identidades, nossas vidas,
contra todo auto de resistência conservador e genocida.

Nem reis, tampouco rainhas, mas pessoas autônomas em revoluções.
talvez os amores impossíveis,
impensáveis?,
sejam tudo do nada que temos.

‘standing low
challenge the king for the throne’
(Smile – Groundation – https://www.youtube.com/watch?v=NRb8BTscQfU)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s